Menú Principal

Atención

ESTE SITIO WEB DE ALAIME ESTÁ DESACTUALIZADO, LO INVITAMOS A VISITARNOS EN http://www.alaime.net/web GRACIAS

Junta diretiva da IAMSCU se reúne no Rio de Janeiro para tratar sobre assuntos relacionados à educação metodista

Nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro de 2011, a Junta Diretiva da Associação Internacional de Escolas, Faculdades e Universidades Metodistas (IAMSCU) se encontrou no Brasil para discutir variados assuntos relacionados ao fortalecimento da Educação Metodista em níveis globais. Esta entidade, que comemora 20 anos de fundação em 2011, compreende 775 instituições metodistas de educação em 70 países.

A reunião aconteceu no Sheraton Rio Hotel, local onde também foi realizada a 1ª Conferência Internacional da IAMSCU, em 1996, motivo que, segundo explica o presidente Ted Brown, trouxe a diretoria de volta ao Rio de Janeiro.

Ted Brown, que também é reitor do Martin Methodist College, Pulaski, no Tenessee (EUA), relata ser um privilégio o acontecimento do encontro em terras brasileiras. “O Brasil é uma das mais fortes localizações da educação metodista no mundo. Continuamos impressionados com o trabalho desta liderança metodista, especialmente, no que se trata de iniciativas educacionais. Acreditamos que o país é um modelo para o resto do mundo”, relata.

Durante os três dias de encontro, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer a cidade, que é famosa por suas belezas naturais, visitando pontos turísticos e instituições metodistas, dentre elas o Instituto Metodista Bennett e a Igreja Metodista do Catete, a primeira Igreja Metodista fundada no Brasil. Além, é claro, de traçar planejamentos estratégicos para a atuação da IAMSCU nos próximos anos.

Sobre as deliberações tomadas na reunião, o presidente Ted Brown explica que foram definidas questões relacionadas à manutenção de operações básicas, tais como construção de membresia e comunicação com instituições-membro. “A diretoria também pôde conversar sobre programas e iniciativas, especialmente sobre a organização da 6ª Conferência Internacional da IAMSCU, que acontecerá no mês de julho, em Washington DC, com o tema ‘Educação Metodista: formando liderança para a mudança global’”, conta.

De acordo com Ted, um programa que ganhou destaque nas conversas do encontro foi o projeto de Intercâmbio Internacional de Estudantes, que será desenvolvido dentro de 18 meses. “Essa articulação permitirá aos estudantes escolher uma instituição-membro da IAMSCU para uma experiência de intercâmbio”, explica. São 24 instituições-piloto, mas com a esperança de expandir para todas as integrantes da IAMSCU. Ted explica, ainda, que a intenção é ampliar o projeto, futuramente, para o corpo docente das instituições metodistas.

Ao se falar em intercâmbio, é importante salientar o verdadeiro intercâmbio cultural que se constituiu o encontro. Fizeram-se presentes nove países, representados por 12 membros do Conselho Diretor da IAMSCU e nove convidados especiais, relacionados a instituições metodistas.

Dentre os integrantes, podemos destacar a presença dos representantes da América Latina na associação, a argentina Claudia Lombardo, que além de Membro do Comitê Executivo da IAMSCU, é professora da Universidad del Centro Educativo Latinoamericano (UCEL), em Rosário, e presidente da Associação Latinoamericana de Instituições Metodistas de Educação (ALAIME); a panamenha Lupita Salmon, diretora-geral do Instituto Panamericano (IPA) e o brasileiro Marcio de Moraes, diretor-geral da Rede Metodista de Educação no Brasil, diretor-superintendente do COGEIME e reitor da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP).

O professor Marcio de Moraes reforçou a importância da representatividade brasileira na IAMSCU. “Nossa inserção revela o reconhecimento da educação brasileira como referência na América Latina e, até mesmo, no mundo. O Brasil conquistou seu espaço, desde o nascimento da IAMSCU, e se mantém ativo até hoje”, comemora.

A presença brasileira na IAMSCU tem aberto muitos caminhos. “Acredito que essa representatividade foi um dos fatores que viabilizaram a assinatura do convênio com o Fundo Global Metodista de Educação para Desenvolvimento de Liderança” completa o diretor-geral da RME. O Fundo Global é um programa criado pela Junta Geral de Educação Superior e Ministério (GBHEM) da Igreja Metodista Unida nos Estados Unidos, para a formação de lideranças metodistas com princípios éticos e cristãos, além de excelência acadêmica. (veja aqui matéria especial sobre o Fundo Global)

Segundo o presidente Ted, estes e outros programas foram profundamente debatidos durante a última reunião e continuará em pauta até a próxima conferência, em julho. “Na ocasião, teremos um novo encontro da Junta de Diretores e encontro geral com as instituições que fazem parte da associação. Sem dúvidas, essas discussões indicam que a IAMSCU tem um enorme potencial para fortalecer as associações-membro e encorajar o crescimento da educação metodista no mundo”, eclarece.

 

Ainda durante o encontro dos diretores, no sábado, dia 5 de fevereiro, foi realizado um Workshop, com o tema “Business, Ethics and Social Responsibility” - Negócios, Ética e Responsabilidade Social, dirigido por Amós Nascimento e Masayuki Ida, ambos membros da Junta Dretiva da IAMSCU.

 

Amós é brasileiro, mas vive atualmente nos EUA, onde é professor da Washington State University e coordenador do Comitê de Educação do Concílio Mundial Metodista. Masayuki Ida, além de vice-presidente e membro do Comitê Executivo da IAMSCU, é professor da Aoyama Gakuin University, instituição metodista em Tóquio, no Japão.

 

Loren Portilho

Assessoria de Comunicação

Instituto Metodista Granbery

Rede Metodista de Educação